segunda-feira, 18 de julho de 2011

Hoje eu não quero escrever sobre mais nada, na verdade o que eu estou fazendo é desabafando, por que eu estou tão triste que meu coração está desabando.As suas palavras estão diferentes, o jeito que me tratou, eu não te reconheço, dá a impressão que eu não sou nada pra você, parece que tudo se perdeu da nossa amizade.Parece que eu sou a mesmice que você se cansou e agora não está mais nem aí. Logo hoje que eu estava tão feliz, logo hoje que o Senhor que mostrou tantas coisas e abriu meu coração para tantas coisas vou dormir chorando. Eu sei que você diria que é besteira tudo isso, que você está igual, mas eu te conheço, a gente se conhece muito bem e não precisa ficar inventando qualquer mentira uma pra outra. E hoje, agora, depois de ter ouvido o Zé Geraldo falar eu fiquei tão confiante em te ajudar, em te trazer para os braços do Pai, mas depois de te ouvir eu me pergunto se é mais uma vez que vou fraquejar, se vou ter forças pra lidar com isso e não desistir por que parece que minhas forças se esgotaram. Mas ao mesmo tempo me dói falar isso, por que o amor que eu tenho por você é imenso, e não quero te perder para o mundo, não quero te perder pra essa sujeira que muitas vezes te  cerca. Eu peço forças pra Deus, por que sozinha sei que não vou conseguir. Eu te amo amiga e nunca espero desistir de você, mesmo que meus olhos cansem de derramar lágrimas, mesmo que meu coração doa com as suas palavras duras, mesmo que você corra na direção contrária, eu sempre serei aquele vento, aquela mão que te puxa pra direção correta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário