domingo, 3 de julho de 2011

Procurando os cacos do meu coração. No momento de ódio, rancor e angústia joguei ele fora e me esqueci que ele era frágil, era de vidro. Agora luto para conseguir reconstruí-lo mesmo sabendo que um pedaço sempre estará faltando, pois ele ficou com você desde o momento em que nos conhecemos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário