domingo, 9 de outubro de 2011

O vento roça meus lábios, querendo acalentá-los,
preenche-los, mas eu sei que não é você.
Sei que não são os seus lábios, mas apenas o vento.
Apenas a minha vontade querendo ser preenchida.
A coberta tenta passar calor ao meu corpo.
Não é o mesmo calor que o seu corpo emana.
Mas eu me contento com as suas palavras.
Me contendo em saber que o mesmo que eu sinto por ti,
você sente por mim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário