quarta-feira, 16 de maio de 2012

Andando por caminhos inimagináveis de meus pensamentos... acordei com dor, não só no corpo mas no coração... forças se esgotando e mãos se abrindo de tudo aquilo que um dia agarrei com tanta força. perdida e sem rumo no trânsito dos meus pensamentos mais tristes e obscuros. Eu só queria levantar e ver a luz, só queria desafogar, saber em quem confiar, saber o que é melhor fazer, com quem fazer... queria não estar perdida...

Nenhum comentário:

Postar um comentário