quarta-feira, 22 de agosto de 2012

o significado de sujeira para mim não é o mesmo que você está pensando. e mais uma vez você consegue meter os pés pelas mãos e julgar tudo o que escrevo de maneira errada. você sabe que tudo o que posto é usando uma simbologia. não é essa a visão que tenho de você. realmente, eu não sei o que se passa dentro de você pois faz muito tempo que deixei de ser, para você, sua melhor amiga. eu posso ter começado a namorar mas nunca te deixei para dar o título de melhor amigo para ele. é engraçado como as pessoas só pensam em si, pois quantas vezes em 9 anos dei minha cara para bater. se eu pensasse que você sempre foi suja (no sentido que você pensa) eu jamais teria ficado ao seu lado e te tornado membra da minha família. quanto dói pra você? você acha que não dói para mim? acha que é fácil ver cada ano, cada esforço seu ser jogado fora por motivos que você nem sabe? acha que eu fico perdendo meu tempo pensando em julgar as pessoas? acha encaro fácil o fato de que depois daquele retiro as coisas nunca mais foram as mesmas? pensas que não choro, não rezo, não me questiono? pois eu digo o mesmo: um dia te avisei. acha que não estou ferida de ver meu lugar ao teu lado sendo ocupado por outras pessoas? você sabe, eu sei, nós sabemos de tudo, mas o orgulho de ambas as partes fala muito alto. mas eu encerro minhas postagens e tudo por aqui pois não consigo dizer uma só palavra sem que você entenda aquilo que realmente é. eu nunca disse que você era suja no sentido de podre, de impura ou o sentido que você quiser levar. o meu blog serve para que eu transforme meus sentimentos em outros tipos de palavras. que cada uma reflita sobre tudo e principalmente você, que sabe o quanto já te defendi, o quanto já volte atrás, o quanto já te acolhi, pense no que vale a pena, pense no que é melhor para você. a minha parte faço todos os dias e saiba que para eu tomar a decisão de me afastar também não foi fácil, mas se sua mente permitir, o ponto máximo de tudo, de desprezo foi nossa última semana de férias onde você me mostrou toda "importancia" que tenho para você. só para terminar, como sempre: eu não sou santa. também tenho meus erros. muitos, e você sabe quais, eu deixei para trás faz muito tempo, outros carrego comigo. eu também sei onde erro. mas essa história toda se encerra agora para mim. está nas suas mãos: analise o que é melhor para você. se vale a pena. enfim. só pense, assim como eu faço todos os dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário