quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Não se cai no mesmo buraco duas vezes. Ficamos sempre precavidos. E depois não haverá mais surpresas pois já se conhece cada canto deste escuro e profundo: Buraco sem fundo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário