sexta-feira, 23 de novembro de 2012

quanto absurdo para se tentar entender, eu não consigo
não consigo desvendar essas mentes e compreender
aquilo que se passa e o que leva as pessoas a viverem assim:
sem dar importância nem a um simples trabalho de escola,
um simples sorriso, um simples abraço...
as essências estão se esgotando nos corações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário