quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

não é comum nos sentirmos assim mas é algo que pode acontecer. é como tirar um pedaço de você. é como querer gritar e não poder. é ter um travesseiro para abafar a sua voz. ter algo para decidir mas simplesmente não saber o que fazer. agora tranquilamente espera-se o anoitecer. espera-se encontrar aquela resposta que não se acreditava encontrar. porque mais que amar existe conviver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário