domingo, 12 de maio de 2013

não vou me queixar de palavras. aliás, a partir de hoje não me queixarei de mais nada. Descobri algo muito maior em mim quando as lágrimas queimavam: a providência divina. Em orações eu me entreguei, escancarei meu coração para que Deus tomasse conta de tudo o que ali havia. A noite que eu pensava que seria de espinhos se tornou calmaria. se tornou paz. palavras não puderam me invadir, me deixar cair. sou muito mais que palavras: sou sentimentos. e sentimentos ninguém pode tirar de você. tristeza combato com a alegria. amargura com felicidade. o que passou, o que trago de precioso ninguém tira de mim muito menos a minha fé. Eu tenho fé em Cristo e não deixarei que nada me abale. Quanto a rosa: eu sempre a amarei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário