sábado, 25 de maio de 2013

Queria dizer que chuva e choro combinam muito bem. Uma menina perdida entre tanta água também. Eram olhos marejados de lágrimas e a chuva quase alcançando o lugar onde estava sentada: a escadaria de uma igreja. Esse não é um conto, uma história como essas tantas que ouvimos. Foi a realidade de sexta feira. Espero que cada lágrima não tenha sido derramada em vão. Sirva pelo menos para demonstrar o quanto sinto cada momento perdido, cada coisa que pesa meus ombros cansados. A semana terminou bem. Era de se esperar, afinal são tantas as bençãos concedidas. Mas também devemos descarregar aquilo que de ruim carregamos. Não temos culpa das lágrimas nos escaparem em certos momentos . Mas aquele era propício. Eu me perguntava tantas coisas e parecia que Deus já respondia no mesmo instante. E foi em cada gota de chuva, cada silêncio de pessoas, na solidão em meio ao caos que encontrei as palavras de que necessitava:

Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros.
Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim. 
João 15:17-18

Nenhum comentário:

Postar um comentário