sexta-feira, 20 de dezembro de 2013


Sabe o que eu sinto? um profundo sentimento de respeito em relação ao ser humano. Repito: Humano! Existe uma infinidade de seres por aí. Alguns disfarçados. Suas máscaras caem rápido. Suas garras são facilmente expostas. Seus olhos exprimem a verdadeira face de seus corações. Uma pena. Uma dor. O amor e a luz sempre prevalecerão. Podem descer lágrimas dos justos mas dos falsos profetas deste mundo cairão muito mais que simples lágrimas: haverá derramamento de sangue e ranger de dentes. Que a luz de Deus desça sobre nós pecadores e humilhados. A certeza de um céu para os pobres injustiçados é o que nos faz batalhar todos os dias, levantar cedo e ver as caras hipócritas de nossos "patrões". Falsos moralistas. Blasfêmias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário