quarta-feira, 28 de maio de 2014

Então finalmente eu entendo quanto amo a UFMT e seu perfeito curso de nutrição!!! O nível de conhecimento que estamos adquirindo é incrível. A busca pelo saber, o crescimento pessoal, as amizades para a vida toda e toda aquela sabedoria que você quer sugar... Hoje o professor de química analítica chegou na sala e disse que ia passar os três últimos conteúdos da prova do dia 11 e o nível foi tão alto que nosso queridíssimo Jorge Perez pediu que prestássemos muita atenção na explicação porque aquilo tudo ( 3 lousas e meia) era fruto de anos de trabalho dele - ou seja - eram fórmulas e teorias que ele criou e que, segundo ele, já haviam sido comprovadas e publicadas no meio científico. Ficamos pasmos pelo trabalho complexo que ele elaborou e no mesmo instante montamos um grupo de estudo de final de semana para pegar bem a matéria rsrsrs. Nesse instante eu percebi o quão longe pude chegar e o quão longe ainda quero chegar pois o mais fácil foi passar no vestibular. Sair da Universidade Federal do Mato Grosso formada é a maior batalha de todas que vou vencer!
Tem dias que a saudade aperta, o silêncio incomoda, os velhos costumes querem voltar, a preguiça bate, as lágrimas brotam sem motivo... parece um maremoto. Fico feliz em dizer que a maioria dos dias é de alegria, motivação, descobertas e também a cada dia descubro uma família nova que também vai me acolhendo, vou reconhecendo e colocando um pouco de mim no lugar onde moro. Meu crescimento pessoal é o que mais me chama a atenção: penso coisas que nunca achei que ia pensar e as melhores coisas para mim são as mais simples possíveis. Agora consigo dormir sozinha, como não fazia em casa. Ainda sinto medo do escuro mas sou obrigada a confrontá-lo todos os dias pois já não tenho quem me defenda, além de Deus é claro.
Se estar completa é estar feliz posso dizer que estou completa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário