sábado, 18 de outubro de 2014

Não sei como começar a escrever. Acho que um choque de realidade de vez em quando é um ótimo remédio. Passamos boa parte de nossa vida reclamando de muitas coisas, brigando por bobeira, carregando mágoas medíocres, dando valor para coisas fúteis, buscando ideais de vida que nos transformam em pessoas vazias, enfim... hoje eu trouxe um texto, de autoria de um amigo, que passou por alguns momentos impactantes em sua vida. O texto em si já resume tudo o que eu gostaria de falar... 


"MEU AGRADECIMENTO A TODOS – 1 ANO DA MINHA CIRURGIA

(Quem puder ler até o fim, ficarei feliz)

Há exatamente um ano atrás, estava passando por um momento muito delicado da minha vida. Em Janeiro de 2013 descobri que tinha um Schiwannoma, popularmente conhecido como Neurinoma do Acústico, ou simplesmente um tumor que nasce no canal auditivo.

No meu caso, ele havia se instalado no auditivo esquerdo, e estava em um tamanho evoluído, aproximadamente 5 centímetros, ou do tamanho de um limão Taiti. Já estava comprimindo o meu cérebro, e começando a causar outros problemas.
Foi um choque, eu e minha família ficamos sem chão, a primeira consulta ao neurologista, nunca vou esquecer, ele foi muito franco, e contou como seria e todos os riscos que eu teria, foi difícil ouvir aquilo....
Eu demorei muito para aceitar, custei a acreditar que aquilo estava acontecendo comigo, eu pedia a Deus para que não precisasse passar pela cirurgia, que houvesse outro método, pois não queria ter a minha cabeça aberta.
Foi uma longa jornada de Janeiro a Agosto, várias consultas, novos exames, muita oração, cheguei a ser internado uma vez antes da cirurgia, enfim, muita ansiedade, muito medo, tive medo de morrer, de ficar com sequelas irreversíveis, de perder a memória, de não poder mais ser como eu era, uma pessoa ativa e independente.
Enfim, fui chamado para internar novamente no dia 12/08, e logo pela manhã no dia 13/08 começou a preparação para a cirurgia, por incrível que pareça, eu estava tranquilo nesse dia, estava tão protegido, que consegui aceitar a cirurgia, no último minuto eu consegui entender que seria o melhor para mim.
Foi uma cirurgia muito extensa, aproximadamente 11 horas na mesa, tive hemorragia, perdi sangue além do esperado, mas por uma benção, não precisei tomar nenhuma gota de sangue, os médicos acreditavam que meu organismo poderia se recompor naturalmente, e assim foi.
Quando acordei da anestesia, lembro de ter visto minha mãe aos prantos, ao lado da Simone que a estava amparando, e a enfermeira Poliana fazendo curativo em mim, senti uma dor anormal, como nunca senti em toda minha vida, e pedia muito um pouco d’agua, pois fazia quase 24 horas que estava em jejum, e eu derrubei tudo, pois ainda não tinha me visto espelho...
Voltei a dormir, estava sob o efeito da anestesia, e pela manhã do dia seguinte, fui direto para a tomografia, e depois de quase 30 horas em jejum, consegui comer e beber algo. Quando me vi pela primeira vez no espelho, foi muito difícil, minha cabeça toda enfaixada, meu rosto todo torto...
Após a cirurgia, eu perdi a audição do lado esquerdo, foi necessário para retirar todo o tumor. Perdi também a lubrificação natural do olho esquerdo, por isso uso colírio de hora em hora, e por fim, fiquei com paralisia facial, devido a raspagem feita no meu nervo e o implante de um nervo do meu pé, para o recompor.

Hoje, um ano depois, só tenho a agradecer, primeiramente a Deus, pelo milagre que ele realizou em minha vida, por ter permitido a minha recuperação, agradeço imensamente ao apoio que recebi de meus familiares e amigos, e amigos de familiares também, foi um momento mágico todo amor que recebi, muitas orações e que Graças a elas estou curado. Eu sou incapaz de agradecer um a um, pois se teve uma coisa que Deus quis me mostrar, foi de como sou amado pela minha família e amigos, mas não posso deixar de agradecer uma pessoa em especial, a minha MÃE, que esteve comigo em todas consultas, em todas as noites que eu não conseguia dormir, em toda oração que fazíamos, no momento da cirurgia que ela ficou isolada no centro cirúrgico enquanto eu estava sendo operado, enfim, esteve comigo em tudo, me apoiando e sofrendo junto comigo, levo todos no meu coração, e só tenho a agradecer pelo bem que me fizeram.
Gostaria de agradecer a toda equipe médica e de enfermagem do HC, que são excelentes! Mas agradecer em especial o Dr. Benedicto Oscar Colli, neurocirurgião que realizou um exímio trabalho em mim, qualquer corte errado, poderia resultar em uma sequela inesperada, é fantástico o trabalho que a equipe médica realizou, somente quem tem o Don e a dedicação pode seguir essa carreira tão exigente, chamada MEDICINA.
Agradecer em especial também a Dra. Danielle Barbosa Ruiz de Abreu, otorrinolaringologista, que descobriu o meu tumor e me acompanhou em todos os momentos. E a Dra. Andrea Gatti Mazzo, fisioterapeuta, que está realizando um magnifico trabalho na minha recuperação contra a paralisia, já chegamos a 80 sessões de fisioterapia, e temos mais um pouco de chão para percorrer ainda.
Por fim meus amigos, hoje é um dia que só tenho a agradecer, eu tentei resumir um pouco, pois tenho muito mais o que contar. Hoje só tenho a louvar a Deus, a todos os anjos e santos, e a espiritualidade que tanto me protegeram.
Estou muito feliz por ter a minha vida normal, por estar vencendo a paralisia, e também por voltar a sorrir, como eu senti falta de poder dar um sorriso....
Eu só posso deixar uma mensagem, aproveite a vida hoje, nunca deixe nada para amanhã, não fique preocupado com birrinhas, convenções, ego, rótulos, etiquetas, marcas!
Quando você se depara com uma doença, a única coisa que você vai desejar é ter saúde para continuar vivo, e curado para não se tornar dependente de remédio pela vida inteira.
Louvem sempre a Deus, Ele faz maravilhas nas nossas vidas, independente de crença, religião, etnia ou classe social.
E dentre tanta coisa que aprendi no leito de um hospital, com essa doença, é impossível passar por um momento desses e não aprender nada. Eu aprendi a confiar em Deus, e a saber que o nosso tempo é diferente do Dele, não é do jeito que queremos, é do jeito que Ele deseja, e pode ter certeza, será o melhor para nós.

O meu muito obrigado a todos!
Difícil eu não me emocionar quando lembro de tudo isso...
Abraços,
Julio César
13/08/2014"

Nenhum comentário:

Postar um comentário