quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Nunca saberemos qual o limite das pessoas. Elas mentem, omitem, perdem até o caráter como se fosse algo banal. Dão a palavra mas voltam atrás. Tudo isso pelo simples fato de que foram educadas por pais que sempre disseram sim, sempre deram de tudo, de tudo não, faltou a educação, a ética, os valores básicos. Mesmo estando em uma universidade, buscando aprimorar o intelecto as pessoas se rebaixam, pisam nos outros com atitudes medíocres e falsas. Fico impressionada com a falta de personalidade nas pessoas hoje. Elas não lutam sozinhas, não expõem seus ideais e se escondem atrás de falsas aparências. Fingem que são algo por querer ser popular. Saibam que a vida ensina da pior maneira. 
Seja sempre decididamente sincero em toda a sua manifestação de vida: em seus pensamentos, em suas palavras e em suas ações. Fuja, mas fuja mesmo dos aduladores, até para não comprometer a sua personalidade. Adulador é aquele que tem prazer em ser usado e pisado, contando que lhe seja dado estar sempre junto a quem detém o poder. Ele é a própria forma da hipocrisia, da mentira e da falsidade. Seja o que a sua dignidade humana lhe ensina - honesto, justo, digno de si mesmo e merecedor do respeito de todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário