sexta-feira, 25 de março de 2016

Hoje o dia amanheceu trazendo chuva consigo. Uma tempestade também se formava dentro do meu coração: era a saudade de casa, da família, daquele aconchego do colo dos pais. Já estamos distantes há quase 3 meses e essa distância é um peso que não só eu, mas a família inteira carrega. Esse ano não irei para casa, só em dezembro para natal e afins, e mesmo sabendo que é pelo meu futuro, por um "bem maior", pensar nessa saudade dói demais. Sabemos que, no final, todo sacrifício terá valido a pena.Obrigada por me apoiarem em cada decisão, em casa sonho, em cada conquista! Eu amo vocês mãe, pai e Dri!

Nenhum comentário:

Postar um comentário