terça-feira, 18 de abril de 2017

Para dizer a verdade isso tudo ainda é, no mínimo, muito novo para mim.
Ainda não estou sabendo lidar com tantas decepções, com tantas lembranças.
não estou sabendo lidar com tantas palavras em cartas que de nada valeram.
As músicas ainda me machucam, esse vai e vem no aeroporto me faz pensar em coisas
que eu já não quero mais pensar, e sonhar, e sentir...
tudo isso tem a ver com quão descartável nós somos na vida das pessoas hoje em dia.
tudo isso tem a ver com a responsabilidade emocional que nós temos na vida do outro.
E não adianta simplesmente virar a página, seguir, levantar a cabeça
eu estou fazendo isso, eu juro
tem dias que ser forte não é o bastante, eu garanto.
E fico me perguntando se tudo isso não é um pouco do que estamos vivendo:
relacionamentos e promessas de papel: basta um deslize e nem sequer paramos
para nos colocarmos no lugar do outro:
"será que eu gostaria que fizessem isso comigo??"
É uma reflexão tão simples.
Amanhã quero ser diferente.
Amanhã eu quero acordar e esquecer mais uma parcela disso tudo
Eu quero parar de sentir tantas coisas ruins
que nem eu mesmo escolhi ou pedi para sentir.

Um comentário: