segunda-feira, 9 de abril de 2018

A música e sua conexão com a minha história: as melhores lembranças do meu pai e dos momentos com ele me invadem quando ouço as músicas que ele ouvia conosco quando éramos crianças. Aquilo ficou registrado e, com isso, criou-se todo um favoritismo dentro de mim por essas canções. Papai nos ensinava a ouvir as músicas com atenção aos detalhes dos instrumentos, nas transformações da  melodia ao longo da canção, ele nos ensinava a valorizar e respeitar os músicos e as composições de qualidade. Na nossa infância, minha e de minha irmã, nós ouvíamos músicas ao final do dia com ele na sala, vinha o cheirinho da cozinha da mamãe fazendo a janta, a música nos envolvia e criava toda uma atmosfera de muito amor e calmaria. Papai nos contava as histórias dos compositores ou então de sua adolescência colecionando discos de vinil. Mamãe contava das quermesses, festas da vila em que morava: aquilo nos embalava e fazia com que estabelecêssemos uma relação muito sentimental com a música. Relação esta que tenho, ou melhor, nós todos lá em casa temos, até hoje! Três músicas e o mesmo artista Jean Michel Jarre: das minhas favoritas e que me lembram um pouco disso tudo:
- Rendez-Vous 4
- Eldorado
- Oxygene 4


Nenhum comentário:

Postar um comentário