quinta-feira, 17 de maio de 2018

segunda-feira, 7 de maio de 2018




























01/05/2018 - JJ3271 - Destino SP - 13:50
Quantas vezes eu te pedi para parar?
Quantas vezes te sufoquei, abafei você dentro de mim?
Pedindo, suplicando: não é a hora.
Preciso ser forte.

Forte.
Fique forte.
E quantas vezes estou sendo, ou acho que estou sendo.
Mas forte e fraco começam com a mesma letra.
O limiar é estreito.
Quantas vezes, por desespero de vazar, de derramar-se através dos meus olhos,

eu tranquei a mente e disse:
hoje e aqui não.
Lágrimas... vocês me perseguiram em cada decolagem e pouso...
Você bate incessantemente para que eu viva ou

eu vivo intensamente todas as coisas para que você não morra?
Esse nó que me aperta a garganta e sufoca:

é a saudade do que já tive ou
vontade do que ainda está por vir?
A vida não dá tempo pra gente dialogar coração...lágrimas...
Ela nem sequer se preocupou em nos preparar
para todos os tombos que
eu
você
e
as
lágrimas
íamos
levar
...
O que é encontrar a paz em um olhar, em poucos instantes ao lado de alguém? 
O que é encontrar sentimentos tão distintos em um mesmo coração que bate por um só motivo:
Amar
E esses encontros que nos lembram o porquê de estarmos aqui:
Amor
Qual é a força maior do nosso universo particular:
os sentimentos que permeiam o nosso ser
a lágrima que escorre sem poder ser contida
o grito do coração
o anseio de uma volta
a tristeza da partida
a alegria de rever quem a gente ama
o abraço que fala mais que palavras
as palavras que não precisam ser ditas
as mãos que não querem se soltar
o caminho que precisou-se trilhar sozinha
o carinho que faltou ser feito
a angústia que o retorno para casa guardou
o adeus mais distante que se pode dar
a visão da partida
a alegria de ver o fim de uma jornada
o último abraço que não queria ser o último
os beijos que não foram trocados
os últimos toques
a palavra que nunca retrata um sentimento em sua totalidade
ou
o amor que nunca se esgota
só multiplica
?

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Olhos que falam muito mais do que mil palavras.
Contam um anseio, uma paixão e uma alegria infinita.
Sorriso que vem para alegrar o dia, a manhã...
vem pra iluminar uma vida toda
sorriso desses que não se vê em qualquer lugar
verdadeiro
faceiro 
sorriso despretensioso, cheio de carinho.
Se eu pudesse colocar aqui a minha visão dele,
minha visão de tudo isso,
com certeza não caberia 
tamanha é a imensidão 
desse sentimento
que trago aqui no coração.

domingo, 22 de abril de 2018

"Um fio perpassa todas as coisas, os mundos estão, todos, nele enfiados como num colar de contas, e os homens, os fatos, a vida, está tudo diante de nós somente por causa desse fio". - Emerson



Storms in Africa - Enya 
Calmaria e paz para uma noite de turbulência
Que o céu pertença a você; Que a alegria te mostre qual caminho percorrer; Que a saudade mostre quais lutas valem a pena travar; Que a inocência de um sorriso percorra o olhar do observador; Que cócegas sejam sinais de aconchego; Que beijar um sorriso seja tão possível quanto ver a alegria através de um olhar; Que o futuro mostre coisas que o presente promete; Que as coisas boas que vivemos ontem se repitam no amanhã que desejamos; Que a soma de todos os medos que temos não seja maior que nossa vontade de persistir; Que nada coloque para baixo nossa vontade de ser feliz da maneira que sonhamos; Que você continue me ensinando coisas que livro nenhum contém; Que não nos falte o desejo de ser cada vez mais "nós". 
Se me resgatei de uma dor incessante foi com muito esforço: 
tranquei os olhos,
apertei o nó na garganta,
engoli a saudade
e disse
até logo...



segunda-feira, 9 de abril de 2018

A música e sua conexão com a minha história: as melhores lembranças do meu pai e dos momentos com ele me invadem quando ouço as músicas que ele ouvia conosco quando éramos crianças. Aquilo ficou registrado e, com isso, criou-se todo um favoritismo dentro de mim por essas canções. Papai nos ensinava a ouvir as músicas com atenção aos detalhes dos instrumentos, nas transformações da  melodia ao longo da canção, ele nos ensinava a valorizar e respeitar os músicos e as composições de qualidade. Na nossa infância, minha e de minha irmã, nós ouvíamos músicas ao final do dia com ele na sala, vinha o cheirinho da cozinha da mamãe fazendo a janta, a música nos envolvia e criava toda uma atmosfera de muito amor e calmaria. Papai nos contava as histórias dos compositores ou então de sua adolescência colecionando discos de vinil. Mamãe contava das quermesses, festas da vila em que morava: aquilo nos embalava e fazia com que estabelecêssemos uma relação muito sentimental com a música. Relação esta que tenho, ou melhor, nós todos lá em casa temos, até hoje! Três músicas e o mesmo artista Jean Michel Jarre: das minhas favoritas e que me lembram um pouco disso tudo:
- Rendez-Vous 4
- Eldorado
- Oxygene 4